quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Botões gêmeos da vida..

Uma nota ressoa, ouve-se um meio-tom... O eco projeta-se pelo espaçoe agora volta,sempre marcado no tempo. Duas vidas desabrocham, dois botões em flor se tocam. Uma corrente dupla de puro amor eleva-se e funde-se com a chama brilhante que vem do alto.
Pontos gêmeos se amalgamam e brilham em maior resplendor,uma luz branca e clara lampeja para iluminar o caminho que se bifurca. Uma trilha dourada se funde... misteriosamente, transforma-se em nós. Dois seres se dissolvem para se descobrirem duplamente inteiros. Singulares, embora unidos em outro plano, mais elevado, mais revelador.

1 Lembranças:

Murillo disse...

Sempre VOCÊ!