quinta-feira, janeiro 21, 2010

Desejo...



Desejo-te encontrar, no meio da multidão
Desejo-te ver, no vazio da solidão
Desejo-te ouvir, na melodia da canção
Desejo-te beijar, com gosto do coração
Desejo-te sentir , na volúpia da paixão
Desejo-te tocar, no desespero das mãos
Desejo-te escravizar, nas algemas do tesão
Desejo-te amar, na incoerência da razão
Desejo-te permitir, a mais insana emoção.

Desejo...desejo...desejo...

Desejo tornar visível o que me é proibido
Desejo tornar real o que me é permitido
Desejo recuperar o amor que me foi perdido.
Desejo usufruir o que me é concedido.

Desejo...desejo...desejo...

Desejo virar na cama e te encontrar
Desejo olhar o tempo e não lamentar
Desejo ver a realidade e sonhar
Desejo ter toda a vida pra te amar

1 Lembranças:

Crys disse...

Oi querida, lindo seu texto adorei...bjs