quinta-feira, março 18, 2010

Chorando com a chuva


Eu olho para o céu,
E vejo nuvens brancas como espumas.
Eu sinto o vento,
O sol forte me aquece.
Eu olho para um azul sem fim,
então eu lhe procuro...
Mas estou sozinha,
Grito ao vento, ao sol, ao céu
Quero você!
O universo se transforma
E eu sinto a chuva fina tocar meu rosto,
Sinto como chorasse,
Um sol forte com chuva fina
Me fazendo chorar.
O vento quer me derrubar,
Mas você me disse que o vento
Era um bom sinal.
Então venha para perto de mim,
O céu é grande demais para uma só pessoa.
Divida comigo este universo,
Sinto que podemos voar juntos.
Mas você não me responde,
Tem medo da tempestade.
Então mais uma vez,
Eu olho para o céu
E choro sozinha,
Com as gotas de uma chuva fina,
Namorando um sol forte.


6 Lembranças:

Daniel Savio disse...

Menina, a chuva serve para lavar a nossa alma, mas para isto temos de estar disposto a deixar que ele lave tudo que de ruim é nós...

E trate de dormir pessoa, não é hora de gente normal ficar postando (só gente anormal como eu pode ficar acordado)...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de psicose e cuidado.

Fique com Deus, menina Miss Simpatia.
Um abraço.

A Madrasta Má disse...

Sol e chuva...
dia e noite...
por que tem que ser assim?
Bjinhos da Madrasta!

Mariane disse...

Olá bom diaaa... Que bom que gostou do novo visual do Compartilhando Leituras... obrigada por sua visita!! Adorei esse texto do post, lindo! Bjinhus!

DESASSOSSEGADA disse...

Lindo post é de sua autoria o texto??

Bjos

Crys disse...

As vezes devemos procurar respostas dentro nós...bjs carinhosos amiga linda...

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

As vezes a ausência da pessoa amada
dói mais do que outras vezes.
Talvez porque em alguns momentos a felicidade ao lado de alguém é vivida de modo tão pleno,
que já não imaginamos viver esta felcidade em companhia da solidão.

Que teu coração seja sempre casa de alegria.