sexta-feira, março 05, 2010

Resposta



Sim, eu sou a sua resposta, mas não a da pergunta óbvia e clichê e sim a da indagação que você jamais ousou formular.
Eu não represento o prazer de uma noite ou o orgasmo fugaz, eu sou o delírio infinito.
Eu não quero só o calor do seu corpo ou a textura macia da sua pele perfeita, eu quero tocar sua alma, realizar seus sonhos mais secretos e caminhar de mãos dadas com você nos labirintos do prazer.
Somos metades de uma chave que só reunidas podem abrir as portas da felicidade.
Eu não sou uma opção, sou o único caminho.
Eu não sou um atalho , sou a estrada.
Eu não ofusco, compartilho.
Eu não sou para uma estação, marco uma era.
Eu não sou uma paixão, sou o amor.
Reconheça, aceite, vivencie.
Seja feliz e me faça assim.
É a única atitude certa nessa vida de incertezas e sensações efêmeras.
Creia.
Eu sei e sei que você também sabe.

2 Lembranças:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Quando a hora chega, sabemos perfeitamente que é assim mesmo.

---------------------

Miss, digo pra ela e aproveito e digo que ela me faz falta também.

até mais.

Jota Cê

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Miss linda do meu coração,

Ufa! Até que enfim voltei a escrever o meu amor, porque sem isso nem dá, viu? Olha, seu texto ficou tão firme, tão consciente daquilo que você quer. Você é realmente melhor que qualquer pequenez que possa aparecer pelo caminho. E o amor que habita em ti é gritantemente encantador.

Jota Cê deu o recado, sim, viu? E tô aqui com aquele carinho...

=]

Beijo imenso, menina querida.

Rebeca

-