quarta-feira, abril 28, 2010

Ferida na Alma

Saudades imensas
das tuas palavras
sempre delicadas
e sinceras.

Saudades da sua
imagem bela,
tal qual pintura em tela
refletida pela minha retina.

Saudades daquela viagem
em que te avistei
pela primeira vez
e nunca mais esqueci.

Saudades me vem
à qualquer instante,
saudades da sua presença
sútil, amável e prestante.

Saudades sempre sentirei,
és uma ferida em minha alma
daquelas que eu mesma cacei
e esta jamais cicatrizarei.





(By Paulo Roberto -




Nota do Blog: Este foi gentilmente autorizado pelo Paulo para que eu o postasse aqui, já que eu amei este poema. Vale a pena vocês conferirem o blog dele, é um dos mais belos que já vistei. Seus textos tocam-nos a alma profundamente. http://pauloodiferente.blogspot.com

17 Lembranças:

Luciana P. disse...

Oi, Miss, acabei de comentar no blog de uma amiga minha que falava de saudade. Acho mesmo que saudade, como diz Clarice, é como estar com fome. E aí eu digo, é uma fome que só se sacia se tocarmos na ausência.

Lindo versos sobre este tema!
E quem já não sentiu???


Beijos!

Sandra Botelho disse...

Claro que pode trazer o poema amada...
traga tudo que quiser, meu cantinho é nosso.
Que bom que gostou...
Vou me sentir honrada viu?
Lindo o poema do Paulo.
Essa saudade quando vem dói...
Dói tanto que nos curvamos a ela.
Bjos achocolatados em seu coração!

Daniel Savio disse...

Acho que a saudade seja mais por que ele começou o trabalho de arte e não continuou, chamado amor...

Fique com Deus, menina Miss Simpatia.
Um abraço.

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

Saudade de um palavra é tmabém saudaade de uma fome que nos afeta e sentimeos muita falta . . .

Francisco disse...

Sempre que leio algo sobre saudade, fico com...saudade!
Já escrevi um texto à respeito, pois acho que ao falarmos em saudade, sempre estamos falando de amor. Independente da forma!
Beijos, garota!

Hod disse...

Por entre teclas pressionadas pelos dedos ou ponta de esferográficas, Paulo Roberto alinha em poema ou verso tão nobre sentimento.
Miss imagino sua felicidade em postar ess Poema.

Beijo pra vc.

Hod disse...

Miss querida Amiga, grato por sua visita, tb já tinha ouvido falar do projeto. Hoje passando lá pela Simone também resolvi postar.

Beijo pra vc.

Crys disse...

Lindo mesmo amiga , a sua escolha e o blog dele, eu tmb o sigo...bjs em ti...saudades

Lady disse...

Bom dia flor!
Saudade é sinal que os bons momentos ficaram marcados em nossa alma, às vezes é bom, outras não.
Linda quinta querida.
Bjão

Mar... disse...

Minha amiga especial demais...eu já deixei o recado no templo de sintonia...mas vou reforçar aqui...quero que vc e a neguinha sejam minhas madrinhas em meu novo blog:
http://felicidadeamelhorterapia.blogspot.com/
esse blog é meu blog de vida...aquele que podemos mostrar quem somos e o que sentimos...
Aguardo vc por lá...
Bjs...Mar...

Me permita disse...

A saudade é algo que dói... Mas, às vzs as palavras se tornam desnessárias, o silêncio fala por si, e o tempo ajuda a por as coisas no lugar... Se não era pra ser, é pq tem algo melhor para acontecer! Um bjinho!

Xanele disse...

Ai ai saudade...

adorei minha linda
beijos amore

Paulo Roberto! disse...

Lindo no seu cantinho, fico muito grato por tão grande admiração, por isso escrevo, pra vocês!

Beijos mocinha, lindo seu cantinho, tão feminino, tão você.

Sua pessoa é fantástica, muito carinhosa pelo que noto, alguém que com certeza deve ser um prazer conviver.

Beijos mocinha, parabés pelo seu trabalho e obrigado pelo reconhecimento. Beijoooooos!!!

Alma Inquieta disse...

Olá Miss!

Há um presente no meu blog que quero partilhar contigo... dessa forma quero que participes da minha alegria... se o desejares leva-o... ficaria muito feliz...!!!

Um beijo.

Patricia s2 disse...

SAUDADES... é o que mais sinto...
obrigado!!!!
XD

Estrela vespertina...turbulenta! disse...

oi miss,como vc esta?espero que muito obrigado pela visita e pelo comentário,aquele foi um breve momento de inspiração sobra as maldades que povoavam minha mente.
bom parabéns pelo post o poema é lindo.
algumas coisas nunca cicatrizam,podem ser anuviadas porém jamais esquecidas.
fazer o que se a vida é assim.
beijos tudo de bom á você.
com carinho.estrela vespertina.

Estrela vespertina...turbulenta! disse...

que bom querida amiga que gostastes.
sabe escrevi pensando numa pessoa que foi muito importante para mim.