quarta-feira, outubro 13, 2010

Só Eu...

Vem cá!
Assim, verticalmente!
Achega-te...
Docemente...
Vou olhar-te...
E, no teu olhar,
colher promessas do que quero prometer,
Até à síncope do amor na alma!
Colemos as mãos, palma a palma!
A minha boca na tua, sem beijo...
Desejo-te, até o desejo
Se queixar que dói...
E sou tua, assim,
como nenhuma foi!
- Leonor de Almeida -

6 Lembranças:

Crys disse...

Que texto lindo amiga...estou muito feliz que estás de volta...bjs e uma linda quarta pra ti ....

Don Juan disse...

Lindissímo.....gostei. beijo

Daniel Savio disse...

Bonita a poesia, mas que ama não vai querer apenas um olhar...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Fique com Deus, menina Miss Simpatia.
Um abraço.

Lianara **Lia** disse...

Querida Miss!

Passando para te deixar meu abraço e admirar seu sempre lindo blog!

Ando em falta com meus amigos, o tempo anda curto e não estou conseguindo comentar nos blogs como gostaria, mas sempre dou uma espiadinha, viu?

Beijos
Lia

Blog Reticências...

*yllenah* SM disse...

Mão com mão...
corpo com corpo
desejos com desejos...
tudo é gostoso quando feito em dupla...

ylennah SM

^^Lena Lopez^^ disse...

Oi Miss!
Teu infinito particular é um cantinho muito gostoso!
Te vi muitas vezes pelos blogs das amigas e hoje resolvi te fazer uma visita!
Parabéns pelo trabalho!
BJOS
Lena