sexta-feira, março 11, 2011

Vem....



Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...


Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca...o eco dos teus passos.
O teu riso de fonte...os teus abraços.
Os teus beijos...a tua mão na minha.
Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri.


E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo.
E os meus braços se estendem para ti.


Florbela Espanca

10 Lembranças:

Patricia s2 disse...

Tão doce e forte.É tão simples é só vir,mas nem sempre as coisas são como desejamos.Mas ao menos sentimos e tentamos...
bjs linda!

Luciana disse...

Oi Amiga

Gosto muito dos textos da Florbela.

Bjs linda

Tatiana disse...

Peço licença para entrar em seu espaço,
e deixar um recado igual para todos os que considero.
A Blogosfera é um paraíso literário.
Aqui encontramos pessoas com dons maravilhosos!
Eu tive muita sorte... Nesses caminhos eu encontrei você!
Obrigada por fazer parte da minha vida.
Um beijo carinhoso

Andrea disse...

Que lindo...ja estou com meus braços esperando por ele...
rs
bj

Malu disse...

Amiga,

Essa poesia da Florbela é mais que linda .... :)

Arrasou !


Bjo Grande.

Mariz disse...

Querida,

Linda poesia de amor, encanta a medida q se lê.

Ótimo fds prá vc!

mil beijos!

wcastanheira disse...

UAUAU q lindo apelo, q grito de chamada, q beleza de poema, instigante, forte, provocante, gosto muiiiito disto, fcou show, vc merece bjos, bjos ebjosssssssssssss

Priscila Lima disse...

olá Miss...
o que levaram?
as palavras?
o vento?
a saudade?
as lágrimas?
o dia se foi
mas a noite chegou...

não deixe levarem o que vc mais gosta...

abraço das conchas.

EU SOU NEGUINHA disse...

Florbela é sempre tudo de bom...
Saudades suas,owww

Daniel Savio disse...

Mas o desejo veem a toda hora, não importa se estamos solitários, ou com quem a gente ama...

Fique com Deus, menina Miss Simpatia.
Um abraço.