quinta-feira, abril 08, 2010

Verdade Silenciosa

"(...) nem sequer é impossível. A verdade como o silêncio, existe apenas onde não estou. O silêncio existe por trás das palavras que se animam no meu interior, que se combatem, se destroem e que, nessa luta, abrem rasgões de sangue dentro de mim. Quando paro de pensar e me fixo, por exemplo, nas ruínas de uma casa, há vento que agita as pedras abandonadas desse lugar, há vento que traz sons distantes e, então, o silêncio existe nos meus pensamentos. Intocado e intocável. Quando volto aos meus pensamentos, o silêncio regressa a essa casa morta. É também aí, nessa ausência de mim, que existe a verdade."



- José Luís Peixoto -
in "Cemitério de Pianos"

4 Lembranças:

EU SOU NEGUINHA disse...

me fez ir longe

Xanele disse...

Nossaaa...

*******************************
Adorei a roupinha nova do blog, ficou lindo.
beijos amore
Xan

Hana disse...

Adorei ficar aki em seu infinito.
com carinho
Hana

Crys disse...

Lindo amiga!!! e quanto ao Murilo Mendes, é um escritor ... não é este que pensou não...bjs